Deputado Federal Jorge Boeira - Santa Catarina


Notícias

Voltar

Santa Catarina tem o deputado mais econômico e o mais gastador

Data: 17/09/2014

Levantamento realizado pela Associação dos Diários do Interior (ADI) aponta mais uma vez Jorge Boeira como o deputado federal mais econômico de Santa Catarina. Ele é também o que menos gasta entre os deputados dos três estados do Sul e o quarto do país. a lista dos deputados mais gastadores também é liderada por um catarinense. Pedro Uczai aparece no levantamento da ADI como o parlamentar que mais gastou no país. De janeiro de 2011 a junho de 2014, Uczai utilizou R$ 1.394.022,00, superando a média nacional, que é de R$ 995.728,65. Os gastos totais de Boeira nos 42 meses apurados foram de R$ 492.938,00.

Os gastos são referentes ao uso da cota para exercício da atividade parlamentar, também conhecida como verba indenizatória ou verba de gabinete. Trata-se de um recurso destinado pela Câmara Federal para reembolsar os deputados por gastos decorrentes de seu trabalho. Inclui 12 itens, entre eles aluguel de veículos, compra de passagens aéreas, confecção de materiais para divulgação da atividade parlamentar, consultoria, alimentação, táxi, serviços postais, telefonia, além de manutenção de escritório parlamentar em sua base eleitoral. Cada deputado pode gastar um valor máximo mensal, que varia de acordo com a distância entre seu estado e Brasília. Os que moram Santa Catarina dispõem de R$36,2 mil ao mês.

Transparência

Os dados referentes ao uso da Cota Parlamentar estão disponíveis no Portal da Transparência da Câmara Federal, uma ferramenta importante, que pode ajudar ao eleitor na hora de escolher seu representante e também possibilita que ele fiscalize depois a atividade do deputado no qual votou.

Lá está disponível, inclusive, em que o deputado gastou o seu recurso. A principal despesa de Boeira é referente a passagens aéreas. “Sempre fazemos uma pesquisa para buscar o menor valor entre as companhias, mas os preços das passagens de Santa Catarina para Brasília são bastante altos, principalmente nos dias em que os deputados vão para lá. No sábado podem custar R$300,00, mas de segunda à sexta chegam facilmente aos R$ 2 mil”, lamenta.

Muitos deputados, no entanto, gastam grande parte da cota parlamentar com consultorias ou divulgação do mandato, mesmo que este tipo de serviço seja oferecido pela Câmara dos Deputados. Para Gil Castelo Branco, dirigente da ONG Contas Abertas, esses gastos, são questionáveis. “É difícil entender por que os parlamentares gastam tanto com “consultorias”, quando a Câmara já disponibiliza uma consultoria legislativa altamente qualificada além de uma grande estrutura de pessoal e serviços”. E alerta também para os gastos com divulgação. “O parlamentar faz o uso dessa cota com o pretexto de prestar contas do seu mandato, mas o que nós observamos é uma propaganda pessoal com o objetivo de se eleger”, afirma.

Conforme informações do Portal da Transparência, o gasto de Boeira com consultoria/divulgação nos 42 meses apurados foi de R$2.678,00 e refere-se à manutenção de site. “Temos uma página para divulgar as nossas ações, mas que funciona muito como canal de comunicação com a sociedade. No mais, todo o trabalho de divulgação que faço é pago por mim mesmo e não com recursos públicos. Porque o dinheiro da cota parlamentar é o dinheiro que a sociedade paga em impostos todos os dias e deve ser investido no que é realmente importante, principalmente saúde, educação e segurança”, finaliza Boeira. Já os gastos de Uczai com consultoria/divulgação foram de R$ 553.752,00. O deputado catarinense que mais gastou com esse item foi Edinho Bez, num total de R$660.651,00. Já Ronaldo Benedet usou R$ 396.596,00 com estes serviços.

Receba informações da campanha

Jorge Boeira no Twitter


© 2011 - Todos os direitos reservados.

Virtualiza Comunicação

Siga o deputado nas redes sociais: